top of page

DRE: o que é, como fazer e qual é a utilidade para o seu negócio?

Você já escutou falar nesse termo? Já aplica o uso desse documento no seu negócio? Quais resultados você está imprimindo disso? E se não usa, o que falta para começar?


DRE significa Demonstração de Resultado do Exercício. Em resumo, é um relatório que tem como objetivo tornar transparente a posição financeira da sua empresa onde é feita uma comparação das projeções de orçamento com as receitas e despesas reais da sua empresa.



O grande objetivo desse documento é ter uma visão completa das despesas pagas e fontes de receita de sua empresa em um período de tempo que pode ser: mensal, bimestral, trimestral e anual.

É com esse documento, que o gestor responsável pelo financeiro da empresa terá em mãos uma base para a tomada das decisões, como: contratação, compra de material, investimento em plataformas, ações de marketing, entre outros. O importante é que com o DRE o gestor terá a fonte e destino das receitas, como custos, despesas, impostos, etc, e consegue avaliar o que pode ser ajustado ou cortado.


A partir dos resultados das vendas de uma empresa, é possível definir varias ações estratégicas para aumentar rentabilidade do negócio.

Confira os 4 benefícios de se fazer e aplicar o DRE no seu negócio:
  1. Transparência da situação da empresa Muito mais que um relatório, o DRE deve ser usado como parte da sua estratégia pois a análise que se tem como resultado a partir dele é muito profundo, podendo permitir ações que antes eram vistas como impossíveis ou o contrário, fazendo analisar ações que não tem muito engajamento financeiro para a sua empresa.

  2. Permite correção de falhas Saber exatamente para onde está sendo direcionada a receita do seu negócio é o primeiro passo rumo ao equilíbrio, pois facilita a identificação de gargalos e você compreende o custo operacional que a sua empresa possui.

  3. Ajuda na captação de investimentos Você busca por investimentos externos? O DRE pode te ajudar, pois você entrega dados importantes validando a solidez que o seu negócio possui. Além disso, o fato de ter um documento como esse passa a imagem de empresa séria e que busca investidores que também estejam agindo de maneira clara e correta.

  4. Melhor avaliação da gestão Para se ter bons resultados, é importante ter boas ações, então com o DRE você antecipa cenários, pois terá como avaliar a evolução do seu negócio.


Mas, que tipo de empresa tem a obrigação de elaborar e apresentar o DRE?

  • Para as empresas que têm capital aberto na bolsa de valores: a lei obriga a divulgação da DRE a cada período fiscal (geralmente a cada seis meses) e isso deve ser feito em diário oficial e em veículos de comunicação.

  • Para as empresas de capital fechado (LTDA): têm a liberdade de definir o período que desejam elaborar suas DREs, sem a obrigação de divulgação.

  • Para os demais tipos de empresas: apesar de recomendado, não é obrigatório apresentar, nem elaborar uma DRE.

 

Sempre orientamos aos nossos clientes, que busque um profissional da área contábil para a separação dos documentos necessários, para a preparação do DRE e também para a apresentação, caso seja necessário. Dentre as nossas soluções, oferecemos a Consultoria Operacional. Entre em contato conosco e saiba mais.

 

VOLTE SEMPRE!

Toda quinta-feira, tem post novo por aqui! Confira os outros posts e as dicas que estamos trazendo para você.


NO QUE PODEMOS TE AJUDAR? 🖤

Entre em contato conosco e saiba mais:

















Material preparado por: Cristina Magaldi

0 comentário

Comments


bottom of page